sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Passeio en DF

Museus em Tlatelolco - Plaza de las 3 Culturas - Coyoacán

Passeiozinho sozinha, curtindo sem pressa as coisas que eu gosto e conhecendo outros cantos.
Adorei.

PLAZA DE LAS 3 CULTURAS

Pois aqui aconteceu um dos maiores massacres da história da Cidade do México em 1968. Manifestação de estudantes que resultou em muitas mortes. No museo Tlatelolco se vê toda a história do movimento, relatos de quem sobreviveu, fotos marcantes e vídeos impressionantes, de encher os olhos de lágrimas. Fiquei chocada.
Além disso, Tlatelolco é um centro arqueológico pré-hispânico que, infelizmente, foi rodeado por conjuntos habitacionais. Fico imaginando o que mais tem por baixo de tudo isso.






COYOACÁN
Essa palavra vem do Nahuatl e pode ser traduzido como "lugar dos donos de coiotes". 
Por isso a fonte a baixo com esculturas de lobos.
Um lugar super gostoso, pra gente bohêmia. Já pensei numa cervejinha com Paty Polacow, Silvinha Peres, Alessandra Fiorini, Marina Coelho, Thais Brait... Ai ai que saudades. Das pessoas e da cervejinha com elas, claro!
Um lugar bem romântico, cheio de casais sentados nos bancos no meio da tarde, batendo papo e se enchendo de beijos.











sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Halloween en Prado Largo

Compartilhando as fotos da festa de Halloween aqui onde moramos.
Tudo super decorado e vizinhos e convidados passeando por todas as ruas e se divertindo muito.
































segunda-feira, 18 de junho de 2012

Minhas comidas preferidas

Quando a gente fala em comida mexicana a gente pensa em tacos e guacamole. Pelo menos eu pensava só nisso.
Bom, quando cheguei aqui pude perceber que a culinária mexicana é um "desbunde".
Tem tudo o que a gente pode imaginar, com combinações incríveis. Até as que a gente olha com aquela cara de "ué" e que parece ser muito estranho, é delicioso. Eu aprendi a gostar de muita coisa que antes tinha medo de passar mal.
O mal de Montezuma apareceu uma vez sim, mas depois ele nunca mais deu as caras. O que eu agradeço muito.
Enfim, seguem algumas fotos das minhas coisas preferidas. As fotos não são minhas. Todas "googleadas".


Enchiladas verdes - #1 na ordem de preferência. São tortillas recheadas com frango e banhadas com salsa verde, crema e queijo. São servidas nos desayunos! Eu a-do-ro. É uma refeição. Comendo isso no café da manhã eu almoço só depois das 3h da tarde.

Molletes - pão com feijão preto refrito, queijo derretido e "pico de gallo" (parece um vinagrete). Nessa foto tem abacate também.

Chilaquiles - totopos (tortilla frita cortadas em triangulos) com queijo, requeijão, frango, cebola, salsa verde.

Tacos al pastor - tortilla de milho com recheio de carne al pastor (carne de porco que fica assando num rolete e é marinada com chile vermelho, achiote e outros temperos) é servido com cebola, abacaxi.

Pozole - essa é a coisa mais deliciosa do mundo que mistura sabores que eu nunca pensei que fossem combináveis. É como uma sopa de milho branco, frango e carne de porco e é servido com alface, rabanete cortado em rodelas, cebola, abacate, orégano, chile moído (Tajín) e chicharones. Bom, assim eu provei e amei. Devem ter outras maneiras de servir.

Pambazos - Bom, divino e maravilhoso. É um sanduiche. O pão é mergulhado numa salsa feita com chile huahillo e depois frito na chapa pro molho aderir e não escorrer. Recheia se várias maneiras. A minha preferida é com frango, batatas, alface, crema (requeijão) e queijo.

Sope - é feito com a tortilha preparada parecendo um bote, chamados de huaraches. É servido com feijão refrito, alface, queijo, crema e salsa verde. Na foto leva frango também. A salsa verde é feita com tomate verde, chile, cebola e alho. Já vi sendo preparada na frigideira para deixar tudo mais macio e depois bate tudo no liquidificador. 


Não sei se eu já contei uma coisa engraçada. Depois que estivemos no Brasil em dezembro e voltamos pra cá, toda vez que eu como qualquer coisa com chile, o meu couro cabeludo arde! Eu também suo nas bochechas e no bigode. Mas não é isso que me faz deixar de comer. Infelizmente! Ou felizmente!