quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Palenque - Chiapas

Palenque

 E a primeira vista, foi assim. Chegando pelo lado do Flamboyant. Graças ao nosso guia, que nos separou de todos os outros turistas que iam pela entrada principal.

 Somente os edifícios numerados têm algo de pesquisa. Todos os outros estão sob a vegetação. Estudos com raios-X mostram a localização da cidade, mas ainda tem muita coisa pra encontrar. Ou não, já que há algo de "pelea" entre arqueólogos e ecologistas, que não querem destruir a selva para novas escavações.

 E aqui, igual a Bonampak e Yaxchilán, 80% do que é pedra, está debaixo das árvores.
E tudo foi encontrado dessa forma! Mais de 2000 anos de história. Incrível.








 Vista geral do alto de uma das "pirâmides".










 Sarcófago de Pakal. Hoje já não podemos descer as escadas do interior para ver o local onde ele foi encontrado. O túmulo, ainda, se encontra abaixo do nível do jardim. As duas imagens abaixo não são minhas. Só para ilustrar, porque é fascinante.


Tumba de Pakal. Original. Há uma réplica da pedra e do que foi encontrado na tumba no Museu de Antropologia na Cidade do México.




Ao fundo a pirâmide onde eu tirei a foto da vista geral da cidade.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Arqueologia em Chiapas - Mayas #1 - Yaxchilán e Bonampak


Yaxchilán
 Pra chegar em Yaxchilán, só de lancha. Pelo Rio Usumacinta, fronteira com Guatemala.


 Lado mexicano.



 80% do sítio arqueológico ainda está assim. Coberto por vegetação. Ai que vontade de me meter por cantos inexplorados.

 Entrada. El laberinto. Feito por mulheres mayas.


 E quem consegue encontrar a saída...






"Os deuses eram astronautas"? Que nada, tinham a panturrilha forte, isso sim. Bora subir escadas! 





 Lado guatemalteca.

Bonampak




 E pensar que tudo era assim no auge!






 "Escudo Jaguar Lagartija III" - meu amigo Rodrigo.


Click de Jaguar! Obrigada por acertar um ângulo bom! :)